Carrocarro de luxoDesignHistóriajaguar

A história da Jaguar: Dos Sidecars aos carros de luxo

No mercado automotivo poucas marcas conseguiram o êxito de se tornar referência nos segmentos esportivos e de sedã de luxo.

Entre elas está a Jaguar, conhecida mundialmente pela beleza, estilo e sofisticação presente em cada de seus modelos.

Fonte: Reprodução do site Electronics b2b: Jaguar

Conheça a história da marca que possui entre seus grandes feitos o Jaguar XK120, Jaguar E-Type, entre outros.

Jaguar: O início

Sir William Lyons, nasceu em 1901, em Blackpool, Inglaterra, filho de um irlandês dono de uma loja de instrumentos musicais.

Durante a sua infância Lyons presenciou a grande expansão da então nascente indústria automobilística.

Fonte: Reprodução do site Unusual Cars: Henry Ford Model T 1908

O fascínio pelos carros o impulsionou a trabalhar como aprendiz de engenheiro na Crossley Motors, empresa dedicada à produção de carros, ônibus e veículos militares.

Apenas um ano depois, William foi contratado como vendedor da Sunbeam Motorcars, onde permaneceu até completar 21 anos.

Fonte: Reprodução do site WordPress: Peter C Brown Crossley Motors
Fonte: Reprodução do site eBay: Sunbeam Motorcars Antique Edwardian Advert

Ao chegar nessa idade, Lyons se uniu ao seu melhor amigo, William Walmsely para fundar sua própria empresa.

Em 1922 nascia a Swallow Sidecar Company, que viria a se tornar a Jaguar.

Fonte: Reprodução do site: Automobiliardent Article Detail Swallow Sidecar Company

Inicialmente a empresa era dedicada a produção de sidecars para motocicletas, lançando seu primeiro carro apenas em 1932.

O SS 1 foi mantido em produção até 1936, e  alcançou a marca de 4.200 unidades vendidas.

Fonte: Reprodução do site Motorbase: 1934 Jaguar SS1 Saloon

Nesse meio tempo Walmsely decide sair do negócio. Lyons assume o controle da empresa, que passa a se chamar SS. Cars Limited.

O segundo modelo é lançado em 1935 e o nome Jaguar surge pela primeira vez na história da companhia.

O SS Jaguar era um sedã esportivo equipado com um motor de 2 ½  Litros.

Também foi lançado um esportivo aberto de dois lugares com motor de 3 ½ litros batizado de SS Jaguar 100.

Fonte: Reprodução do site Best Cars: SS Jaguar 100

Logo, porém, eclode a Segunda Guerra Mundial, obrigando a todas as empresas a mudarem seu foco para os esforços de guerra.

Quando a paz finalmente é selada, Lyons e os acionistas decidem que o melhor a fazer é mudar o nome da empresa.

Afinal, após o intenso conflito a sigla SS acabou diretamente relacionada a Schtuzstaffel, a temida organização paramilitar nazista.

Fonte: Reprodução do site bilderbeste: Heisst Treue SS Propaganda

Nascia assim a Jaguars Cars, que tinha pela frente uma Inglaterra e Europa em reconstrução.

Mesmo com o cenário adverso, onde o racionamento e falta de materiais eram constantes, a empresa surpreendeu o mundo com Jaguar XK 120 em 1948.

Fonte: Reprodução do site Pinterest: Stubs Auto Jaguar XK 120 1948-1954

O modelo se destacava por seu design superior e seu motor de seis cilindros que permitiam alcançar os 193 Km/h.

Na época, a maioria dos carros de rua lutava para alcançar a metade dessa velocidade.

Como se não bastasse, o Jaguar XK 120 não era um modelo exclusivo para os exageradamente ricos. Era um modelo de produção padrão que se tornou o carro mais desejado de sua época.

E esse era apenas o começo.

William Lyons levou sua empresa a obter um grande sucesso nas décadas seguintes da Segunda Guerra Mundial.

No próximo artigo iremos contar o restante da história dessa companhia quase centenária e sua marca que se tornou símbolo de luxo e sofisticação.

Para ficar por dentro de todas as novidades da Paíto Motors siga nossas páginas nas redes sociais!

Até a próxima!  

One thought on “A história da Jaguar: Dos Sidecars aos carros de luxo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *