Rolls-Royce – modelos que marcaram época

Nem apenas de superesportivos e conceitos inovadores vive o mercado de carros de luxo, muito pelo contrário. Um dos principais nomes quando se pensa em marcas premium a Rolls-Royce ganhou fama ao longo dos anos por sua grande qualidade e classe.

Fundada em 1904 por Charles Steward Rolls e Sir Frederick Henry Royce, a companhia inglesa possui lugar de destaque na história automotiva.

Para comprovar essa afirmação, separamos 7 modelos icônicos da montadora desde a sua fundação. Confira!

Fonte: Reprodução do Site Oficial da Rolls-Royce. Carro de Corrida V12.


Rolls-Royce: quando a qualidade encontra a classe

Silver Ghost:

Originalmente o modelo foi chamado de “40/50 hp” o modelo foi produzido de 1906 a 1926 sendo o pioneiro da marca. No total, foram produzidas 7.874 unidades desse que a época foi considerado o melhor carro do mundo por publicações especializadas.

O Silver Ghost seria o prenúncio do que estaria por vir: muita elegância, beleza, sofisticação e, claro, qualidade que seriam as marcas da companhia.

Você sabia que ainda hoje é possível encontrar Silver Ghosts em perfeita condições de uso? E mais há previsão que neste ano de 2018 será lançada uma série especial do modelo?

Fonte: Reprodução do Site Oficial da Rolls-Royce. Silver Ghost 40/50 hp 1926.


Phantom I:

Também conhecido como 40/50 Phantom, o modelo foi o substituto do Silver Ghost chegando ao mercado em 1925. Com um motor muito maior que de seu antecessor, o sedan de 4 portas e teto fechado, vinha com transmissão manual em opções de 3 ou 4 velocidades. No total foram produzidas 3.509 unidades no Reino Unido e Estados Unidos e deu-se início a um legado que continua até os dias de hoje.

Fonte: Reprodução do Site Oficial da Rolls-Royce. Phantom I 40/50 hp 1925.


Phantom II:

Produzido entre 1929 e 1936, foi o último dos modelos 40/50 hp da companhia britânica e alcançou a marca de 1.680 unidades apenas. O Phantom II foi equipado, originalmente, Com um motor I6 de 7.688 cc e uma transmissão manual de 4 velocidades.

Com um novo chassi, a grande novidade com relação ao modelo anterior foi a utilização de molas semielípticas tanto no eixo dianteiro quanto traseiro. Vale destacar também a beleza e imponência do Phantom II que apareceu no sucesso do cinema “Indiana Jone e a Última Cruzada”.

Fonte: Reprodução do Site Oficial da Rolls-Royce. Phantom II 40/50 hp 1936.


Phantom III:

Lançado em 1936, o modelo foi ainda mais exclusivo que seus anteriores contando com apenas 727 unidades produzidos. Vale lembrar que logo a Europa entrou em guerra o que afetou diretamente todas as suas montadoras.

O Phantom III foi o único Rolls-Royce equipado com um motor V12 até a década de 1990. Com 7.388 cc e transmissão manual de 4 velocidades, em testes recentes o modelo alcançou os 140 Km/h. Novamente a beleza e a classe valem a pena ser exaltados.

Fonte: Reprodução do Site Oficial da Rolls-Royce. hantom III 1936.


Phantom I Jonckheere Aerodynamic Coupe:

A história do carro original é fascinante. O Rolls-Royce Phantom 1924 com um corpo conversível da Hooper foi encomendado por uma senhora americana de Detroit. No entanto, o carro nunca chegou aos Estados Unidos e foi comprado pelo Raja de Nanpara, um potentado regional indiano sob o domínio britânico. É neste ponto que o veículo foi enviado para os irmãos Jonckheere, na Bélgica, para seu novo corpo artesanal. Alguns relatos sugerem que foi planejado como um presente para o príncipe Edward, mas todos os registros da fábrica foram perdidos na guerra e nem se sabe quem originalmente escreveu a fantástica forma de corpo Art Deco.

O carro foi equipado com um motor seis cilindros em linha de 7,66L OHV e uma transmissão manual de 4 velocidades. O corpo foi completamente fabricado manualmente para incluir portas redondas, janelas de meia lua com abertura à parte, teto solar duplo, bagagem sob medida e uma aleta estabilizadora na parte traseira. Tudo dito, o automóvel luxuoso era quieto bastante para manter uma conversação a velocidade e viajaria facilmente a 100 mph (161 km / h).

O veículo mudou de mãos muitas vezes nos anos 40 e 50 até acabar com o americano Max Opie, que restaurou e pintou com seis quilos de pó de ouro e laca. Após a vida como um espetáculo itinerante, desapareceu até 1991, quando foi comprada por um cavalheiro japonês por US $ 1,5 milhão. Em 2004, foi comprada pelo Museu Petersen e restaurada a sua primeira encarnação de interior em couro preto e vermelho. O veículo é uma atração em Palm Beach.


1925 Rolls-Royce Phantom I Jonckheere Aerodynamic Coupe (1934)

Fonte: Reprodução do Site newatlas.com em matéria do Rolls-Royce. Phantom I Jonckheere Aerodynamic Coupe.


Silver Wraith:

Primeiro modelo da companhia produzido após a Segunda Guerra, o Silver Wraith é, sem dúvidas, um dos mais icônicos Rolls-Royce. Produzido por mais de uma década, 1946 a 1959, teve 3 versões de motor: 4.3, 4. 6 e 4.9 L. O motor contava ainda com novidades nos cilindros e válvulas laterais que permitiam alcançar as 4.257 cc.

Holanda e Irlanda fizerem uso do modelo como carro de estado. Além disso, o Silver Wraith também foi para nas telas de cinema em filmes de James Dean e do Batman!

E você sabia que o Silver Wraith foi adotado a época como carro cerimonial dos presidentes Brasileiros?

Fonte: Reprodução do Canal oficial do Palácio do Planalto. Clique e conheça o Rolls-Royce oficial da Presidência da República.


Silver Shadow:

Rolls-Royce com mais unidades produzida, o Silver Shadow ganhou diferentes formas e versões entre 1965 e 1980. O sedan de 224 polegadas e mais de 2.000 kg foi equipado com 2 tipos de motor: um V8 de 6.2 L que entregava 172 cv, e um V8 de 6.75 L de 189 cv.

Ao longo de 15 anos de produção, foram mais 16.000 veículos produzidos que colocaram o Silver Shadow na história. De fato, é difícil pensar a trajetória da Rolls-Royce sem o modelo.

Fonte: Reprodução do Site Oficial da Rolls-Royce. .


Phantom:

E para aqueles que pensavam que classe e sofisticação não tinham espaço no mundo atual a Rolls-Royce prova o contrário. O Phantom lançado em 2003 é uma joia entre os carros de luxo e sintetiza tudo o que representa a companhia britânica com muita qualidade.

Fonte: Reprodução do Site Oficial da Rolls-Royce. .

Eleito o carro do ano em seu lançamento, o modelo ainda hoje é produzido pela montadora e conquista admiradores ao redor do mundo. Além de sua beleza, o Phantom vem equipado com um motor V12 de 6.75 L com  435 cv que faz de 0 a 100 Km/h em 5.9 segundos. Afinal, quem disse que classe e potência e não se misturam?


Fonte: Reprodução do Site Oficial da Rolls-Royce. PHANTOM 2018.

A sanctuary for those who value the luxury of silence. #RollsRoycePhantom

Uma publicação compartilhada por Rolls-Royce Motor Cars (@rollsroycecars) em


Assista abaixo aos principais capítulos da História da Rolls-Royce.

Fonte: Reprodução do Canal Oficial da Rolls-Royce. The House of Rolls-Royce, Chapter I: The Spirit of Ecstasy / A Casa do Rolls-Royce, Capítulo I: O Espírito do Êxtase.

Fonte: Reprodução do Canal Oficial da Rolls-Royce. The House of Rolls-Royce, Chapter 2: Goodwood / A Casa do Rolls-Royce, Capítulo 2: Goodwood.


Gostou da nossa lista? Já teve a oportunidade de dirigir alguma dessas lendas?

Conte para nós nos comentários! E continue acompanhando nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades da Paíto Motors! Até a próxima!


EXTRA – 103EX – Conceito autonomo da Rolls-Royce


Fonte: Reprodução do Canal Oficial da Rolls-Royce. Experiencia virtual e 360º dentro do 103EX Rolls-Royce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *