LamborghiniMercedes-benzsuperesportivos

Qual foi o primeiro supercarro da história?

Em nossas últimas postagens começamos uma série de artigos sobre os concorrentes ao posto de 1º supercarro da história. As controvérsias existentes até o dia de hoje apontam para 4 candidatos: o Mercedes-Benz 300 SL, Lamborghini Miuram, Bugatti Royale e o Bugatti Type 57 SC Atlantic.

Já contamos sobre o modelo da Mercedes, que para muitos é o legítimo dono do posto. Para outros, porém, as configurações do motor do modelo alemão, não se enquadram na definição dos supercarros. Para esses, quem sai na frente nessa disputa é o lendário Lamborghini Miura, que vamos conhecer um pouco mais, agora!

Lamborghini Miura
[FOTO: Reprodução do site oficial da Lamborguini – Lamborghini Miura.]


Lamborghini Miura: a origem do supercarro moderno?

A italiana Lamborghini possui uma rica história e com algumas curiosidades incríveis!

É amplamente conhecido, por exemplo, que Ferrucio, fundador da marca, se aventurou pelo mundo dos carros após uma briga com Enzo Ferrari. Motivado a superar a dona dos imponentes carros vermelhos, a Lamborghini lançou seu 350 GT.

Lamborghini 350GT
[FOTO: Reprodução do site oficial da Lamborguini – Lamborghini 350GT.]

Embora o 350 GT fosse um bom carro, equipado com um motor de 3,4 litros, capaz de desenvolver mais de 400 cv e 11.000 rpm,  podia ser considerado conservador. Sua estrutura de 3 volumes definidos, configuração 2+2 e redução de potencia para 270 cv,o tornou insuficiente para competir com esportivos da época.


[Reprodução do Canal do Youtube Oficial da Lamborguini – Lamborghini 350GT.]

Nas ruas, era possível encontrar esportivos equipados com motor traseiro e derivados dos protótipos voltados para corridas e os grand tourers, com motor dianteiro e tração traseira. No caso dos primeiros, embora alcançassem grandes velocidades, pecavam quanto à dirigibilidade e conforto. Já os segundos, apresentavam menores potencia, mas maior facilidade ao volante e conforto.


[FOTO: Reprodução do site oficial da Lamborguini – Interior do Lamborghini 350GT.]

Com um desempenho aquém do esperado, foram vendidos apenas 120 carros entre 1964 e 1966, ficou claro para a Lamborghini que precisaria ir além para vencer a concorrência. Era preciso ousar, era preciso projetar um carro tão ágil quanto os protótipos das pistas, mas confortáveis e compatíveis com as ruas. Foi com esse objetivo em mente que se iniciou o projeto daquele que seria um dos maiores ícones da marca: o Miura.



[Reprodução do Youtube – Test-drive no Lamborghini Miura.]
 


O desenvolvimento do Lamborghini Miura

Algumas histórias dizem que o projeto foi desenvolvido longe de Ferrucio, que não concordaria com as ousadias do modelo. Outras, porém, dizem que a ousadia foi estimulada pelo dono em sua obsessão de superar a Ferrari. Seja como for, a realidade é que a Lamborghini reuniu alguns dos maiores engenheiros e mecânicos da época para o projeto.


[FOTO: Reprodução do site oficial da Lamborguini – Lamborghini Miura – Motor V12.]

O desenvolvimento do Miura começou pelo motor, que usou como base o 12V do 350 GT. Para aumentar a potência sem perder a dirigibilidade, a solução encontrada foi um aumento do deslocamento. Com isso, o antigo 3,5 litros saltou para 3,9 litros, com um curso x diâmetro de 62×82, resultado em um motor quadrado e suave. Além disso, blocos e cabeçotes de alumínio, duplo comando de válvulas em cada uma das bancadas, garantiam sua sofisticação. O V12 que equipou os primeiros Miuras, alcançava os 350 cv de potência a 7.000 rpm.


[FOTO: Reprodução do site oficial da Lamborguini – Lamborghini Miura.]

Para otimizar o uso dos espaços ele foi instalado no chassi em posição transversal, formando uma única peça com a transmissão. O chassi, aliás, era outro destaque do modelo e chamou a atenção no Salão de Turim de 1965 mesmo sem carroceria. De chapas de aço perfuradas de 0,8 cm na arte central e alumínio nas pontas, misturava leveza e rigidez na medida certa.

Para a carroceria foi contratado o estúdio italiano Bertone, que a época havia acabado de contratar o então jovem Marcelo Gandini, responsável pelo projeto. A aposta não poderia ter sido melhor!


[FOTO: Reprodução do site oficial da Lamborguini – Lamborghini Miura.]

Embora houvesse clara inspiração nos carros de competição, o design do modelo era único e deu identidade ao que hoje conhecemos como superesportivos. As linhas suaves, mas sem perder a agressividade atendia tanto aos gostos do mercado europeu como o americano. O resultado final é um dos carros mais bonitos de todos os tempos!

As linhas do Lamborghini Miura alcançaram um grau de perfeição que se mostra difícil de ser batido até hoje.


[FOTO: Reprodução do site oficial da Lamborguini – Lamborghini Miura.]


O sucesso

O protótipo do Miura ficou pronto apenas poucos dias de seu lançamento no Salão de Genebra de 1966. Por conta disso, o foi enviado para a exposição sem estar equipado com seu motor, o que não o impediu de ser a estrela do evento. O design chamou a atenção e valorizou Gadini, que continuou na companhia italiana por muitos anos.

Primeiro modelo da marca a ser batizado com um nome de touro, o Lamborghini Miura foi um grande sucesso. E não apenas pelo design e potencia. O carro conquistava pelo capricho em todos os detalhes, conforto aos ocupantes, além da agilidade e estabilidade ao dirigir.


[FOTO: Reprodução do site oficial da Lamborguini – Lamborghini Miura.]

O Miura não apenas revolucionou o conceito dos esportivos e influenciou o que viria a ser conhecido como supercarros como elevou o nome da Lamborghini. Foi graças a ele que a marca do touro se consagrou como uma das mais icônicas no mercado de luxo. Foram 673 unidades produzidas, de suas diferentes versões, entre 1966 e 1973, um número alto para uma época em que a produção era artesanal.

Para comemorar os 40 anos de seu lançamento, em 2006 a Lamborghini lançou o Miura Concept, que referenciava o clássico.


[Reprodução do Youtube – Programa Top Gear faz test-drive em Lamborghini Miura Concept.]

Atualmente, porém não há nenhum modelo em sua linha ligada a esse grande clássico e sonho de consumo de muitos. O Miura é um grande carro, e não há dúvidas que é um dos modelos mais apaixonantes para os fãs de superesportivos.


[FOTO: Reprodução do site oficial da Lamborguini – Lamborghini Miura.]

Será que ele pode ser considerado como o primeiro supercarro?  Deixe sua opinião nos comentários!

E nos próximos posts contaremos a história dos dois modelos da Bugatti que concorrem a esse posto. Não deixe de acompanhar! E para ficar por dentro de todas as nossas novidades, siga nossas páginas nas redes sociais. Até a próxima!

 


[Reprodução do Canal do Youtube Oficial da Lamborguini – Miura 50 anos (2016).]

One thought on “Qual foi o primeiro supercarro da história?

  1. Na minha opinião o primeiro super carro foi a F40. Os carros citados na lista foram esportivos lendarios e revolucionários, mas não são super carros como F40, McLaren F1, Enzo, etc

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *