BugattiHennesey Venom GTLamborghiniMcLarenMercedes-benzPorsche

Venom GT – O superesportivo mais rápido do mundo

No nicho dos automóveis de luxo os superesportivos estão entre os modelos que mais conquistam admiradores pelo mundo. Afinal, somos apaixonados por velocidade, e, se ela vier acompanhada de conforto, beleza, sofisticação e tecnologia, melhor ainda. Desde o lançamento do Jaguar XKSS, considerado o primeiro superesportivo do mundo, em 1957, o segmento alcançou níveis inimagináveis.

As principais companhias do segmento vêm travando ao longo dos anos uma batalha para oferecer o melhor a seus clientes.

São diversos os modelos, que levam comumente a um questionamento: qual deles é mais rápido?

A Paíto Motors apresenta aquele que foi o carro mais rápido já comercializado, o Venom GT, da Hennesey.

Hennesey Venom GT: A história por trás do mito

Fundada em 1991 no Texas, por John Hennesey, a Hennesey Performance Enginneering, transforma carros rápidos em ainda mais rápidos. É com essa missão que ao longo dos anos realiza um trabalho primoroso de customização de modelos das principais marcas.

Em 2010, a companhia americana lançou um modelo próprio e já lendário: o Hennesey Venom GT.

Essa história, porém, começa em 2007, quando a Hennessey foi convidada a participar de uma competição da Road & Track Magazine. A revista é uma das principais publicações voltadas aos automóveis dos EUA.

A competição consistia em ver qual modelo acelerava de 0 a 321 Km/h em menor tempo.

A companhia norte-americana levou seu Venom 1000 Twin Turbo Spider, para concorrer com alguns pesos pesados dos superesportivos.

Entre os concorrentes, o Bugatti Veyron 16.4, Lamborghini Murcielago, Mercedes Mclaren SLR e Ruf Porsche 911 Twin Turbo.

Após algumas voltas em uma pista especialmente preparada o modelo da Hennessey ficou em primeiro lugar.

O modelo alcançou a marca de 0 a 321 Km/h em apenas 20,3 segundos, 4 a menos que o modelo da Bugatti. Nascia aí uma importante rivalidade entre as empresas e um estimulo para a companhia ir ainda mais longe.

O Venom GT é fruto desse estilo e ao longo dos anos se tornou referencia quando o assunto é velocidade em carros de série. Segundo a publicidade da empresa, esse seria o automóvel perfeito para aqueles que consideram o Bugatti Veyron “manso demais”.

Vale lembrar que o Veyron, da marca francesa, alcança os incríveis 434,3 Km/h. O Venom GT superou essa marca em fevereiro de 2014, atingindo os 435,3 Km/h, se tornando o novo rei da velocidade.

Posteriormente, a Hennesey conseguiu ir ainda mais longe. Em testes oficiais o Venom alcançou os 450 Km/h. Isso foi possível graças a um motor V8 7.0, que em seu último modelo alcançou a potência de 1.471 cv. Sua aceleração também impressiona, sendo possível chegar de 0 a 300 Km/h em apenas 13,63 segundos.

Outro ponto a destacar é, sem dúvidas, os cuidados com o design. Além da beleza, as linhas curvas do modelo fornecem a aerodinâmica necessária para alcançar e lidar com as altas velocidades.

O modelo também é reconhecido pela exclusividade, com apenas 12 unidades produzidas desde seu lançamento.

A última, e que marcou a despedida do superesportivo, foi produzida e vendida no início de 2017, sendo batizada de Final Edition.

O valor? US$ 1,2 milhões, aproximadamente R$ 3,7 milhões.

Embora tenha sido um carro para poucos, literalmente, o Venm GT da Henssey irá deixar saudades.

Para os apaixonados por velocidade e pelos superesportivos, fica a torcida que futuramente lance novos modelos tão ou mais potentes.

EXTRA BUGATTI

Quando o Bugatti deixou uma Lamborghini para trás.

Gostou desse artigo? Acompanhe as redes sociais da Paíto Motors e fique por dentro de todas novidades de nosso blog. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *