Curiosidades do Mundo Automobilístico

Manutenção de freios: sua importância e quando fazer!

O sistema de freios de um carro é muito importante, principalmente para a sua segurança, uma vez que ele evita batidas e outros tipos de acidentes que podem colocar a sua vida e a dos outros passageiros em risco, sem falar nos danos materiais que podem ser muito grandes, bem como o tempo para o reparo de todos os problemas.

Neste texto, você entenderá os motivos para fazer uma manutenção de freios preventiva, quais são os principais sinais de alerta que o seu carro pode dar de que existe algo errado com o seu sistema de freios e quais são os componentes que fazem parte do seu sistema de frenagem.

Fonte reprodução do site Auto Papo Uol Freio

Por que fazer a manutenção de freios preventiva?

A manutenção preventiva é uma maneira de encontrar previamente problemas que poderiam colocar o veículo e seu condutor em riscos durante uma viagem. Essa é uma maneira de evitar menos riscos e saber, sempre que precisar utilizar o carro, que ele está em boas condições de uso.

Além disso, as manutenções preventivas costumam ser mais baratas do que as corretivas, já que quando o problema é encontrado posteriormente, ele costuma estar em um estado de dano mais elevado, além de muitas vezes já ter comprometido outras peças. Enquanto isso, na manutenção preventiva, os problemas ainda são mínimos.

Outro benefício é o de que você terá uma redução no período necessário para que essas manutenções sejam feitas. Como as corretivas envolvem um dano maior e reparo de outras peças adjacentes, o tipo preventivo é mais pontual, fazendo com que seus ajustes sejam feitos de maneira muito mais rápida.

Fonte reprodução do site Ceará Corretora Freios Manutenção

Caso você esteja querendo economizar, uma boa notícia: esse tipo de manutenção minimiza o custo necessário pela manutenção do seu carro, já que você e o mecânico saberão exatamente qual é o problema e o que deve ser feito para resolvê-lo. Quando o estado já é mais grave, é preciso fazer uma análise mais completa para descobrir quais outros componentes foram comprometidos, bem como investir na sua troca.

O ideal é que você, periodicamente, leve seus veículos para fazer um check-up, já que alguns defeitos podem ser silenciosos, sendo percebidos apenas quando eles estiverem em um estado mais crítico ou tiverem provocado algum tipo de acidente. É importante contar com um mecânico de confiança para essa atividade.

Quais os principais sinais de alerta?

Agora que você entendeu qual a importância de investir em uma manutenção preventiva, está na hora de entender quais sinais o seu carro pode dar de que algo está errado com ele e que é interessante levá-lo ao mecânico, para que ele possa realizar uma análise mais profunda sobre o que está acontecendo.

Trepidação do volante

Um dos primeiros problemas que podem ser notados quando está acontecendo um problema com os freios é a trepidação do volante, que aparece principalmente quando os freios são ativados. Quando isso acontece, pode significar que está ocorrendo uma falta de alinhamento entre as pastilhas e os discos.

Fonte reprodução do site Center Peças Fabbri Tremulação Volante

Por não estarem alinhadas, as pastilhas acabam pressionando o disco de maneira errada, o que vai resultar em uma diminuição do sistema de freio. Isso resultará com que ele não funcione corretamente e você possa acabar se acidentando por não parar o carro como deveria.

Ruídos de ferro com ferro

Esse é considerado um dos sinais mais fáceis de serem percebidos pelo motorista. Caso comece a escutar o barulho de peças de ferro se batendo enquanto utiliza o veículo, significa que as pastilhas do freio estão desgastadas e ficando mais finas. Além disso, esse problema também aparece quando as pastilhas não são de qualidade.

Não é interessante utilizar pastilhas mais baratas no seu carro: mesmo com um preço mais em conta do que um modelo original, elas são muito rígidas, fazendo com que ocorra esse barulho frequentemente, bem como têm a sua vida útil reduzida, fazendo com que logo você precise fazer a sua troca.

Fonte reprodução do site Ceabs Componentes troca frerios

Pedal de freio baixo

Se você estiver sentido que o pedal de freio está baixo, pode significar que o seu sistema de frenagem está com problemas. Existem vários motivos para isso acontecer, como vazamento do fluido de freio, ocasionando o esvaziamento do seu reservatório, má instalação das pastilhas de freio, cilindro mestre de freio apresentando defeito etc.

É importante tomar muito cuidado com esse sinal e levar o seu carro no mecânico o mais rápido possível, já que o pedal de freio baixo ou ineficiente pode fazer com que, quando ele precise ser usado no trânsito, não funcione e ocasione em problemas graves, principalmente se você estiver em alta velocidade.

Fonte reprodução do site Meu Porto Seguro Freio Pedal

Quais os componentes que fazem parte do sistema de frenagem?

Tão importante quanto conhecer quais são os principais sinais de que o sistema de freios não está bem é entender quais são as partes que compõem essa função do seu carro. Dessa maneira, você conseguirá identificar mais rapidamente se está ocorrendo um problema nessa região ou até mesmo agilizar o seu reparo.

O sistema de freios é dividido em dois grupos: o sistema hidráulico e o sistema de fricção. Cada um é responsável por uma atividade: enquanto os de fricção são responsáveis por fazer atrito entre partes para ativar a frenagem, o sistema hidráulico é quem potencializa as forças das peças que estão sendo friccionadas.

Os componentes de fricção são:

  • Disco de freio;
  • Tambor de freio;
  • Lonas de freio;
  • Discos de freio.

Já o sistema hidráulico é composto por:

  • Servo freio;
  • Cilindro mestre;
  • Pinça de freio;
  • Cilindro de roda.

Caso não tenha experiência na manutenção de carros, é importante não tentar fazer reparos nesse ou em outros sistemas do veículo sozinho, uma vez que isso pode tornar mais grave a situação ou até mesmo criar novos focos de reparo, o que encarecerá o procedimento e pode trazer prejuízos para a usabilidade do seu veículo.

Assim, entendendo quais os principais sinais para a realização de uma manutenção de freios, qual a importância de prestar atenção nesses sinais e quais são as peças que fazer com que essa parte do veículo funcione, você poderá cuidar muito melhor dos seus carros e levá-los ao mecânico com antecedência para garantir a vida útil das peças. Se possível, é importante tomar cuidado com a qualidade do seu carro já na hora de comprá-lo, investindo em um local seguro para isso.

Gostou do conteúdo? Se sim, compartilhe-o nas suas redes sociais e ajude outros amantes de carros a cuidarem melhor dos seus veículos!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR CATEGORIAS

Conheça o Audi Q4: o primeiro SUV 100% elétrico da montadora alemã

VER MAIS

Conheça o Audi Q4: o primeiro SUV 100% elétrico da montadora alemã

[agosto/2021] Os 10 carros importados mais vendidos 2021

VER MAIS

[agosto/2021] Os 10 carros importados mais vendidos 2021

Novo MINI: conheça as versões One, Cooper e Cooper S

VER MAIS

Novo MINI: conheça as versões One, Cooper e Cooper S

Conheça os melhores SUVs de luxo mais vendidos do Brasil

VER MAIS

Conheça os melhores SUVs de luxo mais vendidos do Brasil