Curiosidades do Mundo Automobilístico

Lamborghini Gallardo – Uma história de sucesso

Existem veículos que marcam toda uma geração e deixam um registro inesquecível na história. Alguns, inclusive, chegam a se tornar a identidade de uma montadora, conquistando amantes por toda a parte do mundo. Um grande exemplo disso é o Lamborghini Gallardo.

Esse supercarro ultrapassa quaisquer conceitos de luxo e esportividade: um modelo icônico que passou pela história do automobilismo internacional e está deixando o seu nome gravado nele. Pensando na sua importância, resolvemos escrever este artigo.

Nele, mostraremos um pouco da história da própria Lamborghini e, em seguida, as principais informações sobre essa verdadeira obra-prima da indústria automobilística. Acompanhe!

Lamborghini: um pouco de história

A história conta que Ferruccio Lamborghini passou a se dedicar aos supercarros após uma ríspida discussão com Enzo Ferrari. Da vontade de superar os carros vermelhos surgiu aquela que é uma das principais marcas de superesportivos do mundo. A Lamborghini, na verdade, surgiu de uma história de amor que virou ódio.

Ferruccio era dono de uma empresa de tratores agrícolas, mas, era apaixonado pelos carros esportivos, tendo em sua garagem uma Ferrari 250 GT. Entretanto, seu motor começou a apresentar problemas, fazendo com que ele fosse comentar sobre eles para Enzo Ferrari, que não gostou nada de ouvir críticas sobre o seu veículo.

Fonte Reprodução do site Jornal dos Classicos Ferruccio Lamborghini

Enzo respondeu ao seu futuro concorrente que ele “não sabia nada de carros” e que era melhor ele ir “conduzir tratores”. O empresário então se retirou com a promessa de criar um veículo melhor do que os da Ferrari, fundando a sua nova empresa em 1963, na Itália. Seu primeiro modelo foi lançado um ano depois, um 350 GTV.

Lamborghini x Ferrari (Reprodução arte Paíto Motors – Camaleão)

Desde 1998, a companhia pertence ao grupo Volkswagen, atuando como uma subsidiária da Audi, criando os novos modelos Audi R8, bem como os veículos da linha Lamborghini, que não saíram do mercado e ainda contam com uma grande legião de compradores e administradores da marca.

De 1963 para cá, foram diversos os modelos de encher os olhos lançados pela Lamborghini, sempre com enorme potência. Nenhum deles, porém, fez tanto sucesso como o Gallardo, modelo responsável por quase metade de todas as vendas da marca em sua história.

O símbolo da Lamborghini

O símbolo da Lamborghini é algo que chama bastante atenção, sendo um touro desde a sua criação até os dias atuais. A verdade é que a escolha do animal aconteceu porque o criador da marca tem muitas ligações com o animal, como seu amor por touradas, além dele ser do signo astrológico de touro. Isso resultou em uma ligação do símbolo do animal com a força e selvageria da marca.

Fonte Reprodução do site Marketing Strategy Logo Lamborghini

Inclusive, um dos modelos de carros produzidos pela marca, o Miura, teve esse nome por ser uma raça de touros que, apesar de ter um tamanho menor do que outras espécies produzidas pelo mundo, é famosa por ser muito feroz. Animais dessa raça são comumente utilizados nas touradas no México e Espanha.

Lamborghini Gallardo: nascida para brilhar

Não é exagero afirmar que o Lamborghini Gallardo, lançada em 2003 e produzido até 2013, é um divisor de águas na história da empresa italiana. Quando o modelo deixou de ser fabricado, a Lamborghini tinha 50 anos de atividade e 30.000 carros produzidos. Desse montante, incríveis 14.022 unidades foram do modelo Gallardo.

Além disso, até o ano de 2003 os italianos vendiam, em média, 250 veículos por ano. Após o lançamento do modelo, esse número saltou para 2.000 unidades vendidas anualmente. No segmento de carros de luxo nem sempre números altos são vistos com bons olhos. A não ser quando falamos de potência e desempenho.

Fonte Reprodução do site Top Speed Lamborghini Gallardo 2006 2222

Além disso, a exclusividade importa. E muito! A Lamborghini sabia disso e apostou em uma estratégia que trouxe grandes resultados: o lançamento de edições limitadas. Ao longo dos anos de produção foram cerca de 20 edições especiais ou limitadas do modelo.

Somado a isso, a marca promoveu uma série de atualizações e facelifts. Não é exagero afirmar que seria possível comprar um Gallardo diferente a cada ano em que ele foi produzido. Vale reforçar que o modelo foi o segundo desenvolvido sob o controle da Audi, que adquiriu a empresa em 1998.

Durante a década de 1990 os italianos sofreram com severas crises e perda de lucratividade. Isso foi tão severo que os alemães acabaram se tornaram os terceiros donos da marca naquela década. Quando a Audi assumiu e reestruturou toda a companhia, foi desenvolvido e lançado o Murciélago, o primeiro Lamborghini novo em mais de uma década.

Fonte Reprodução do site Concept Carz Murcielago

Em 2005, a revista Car Design News o considerou como um dos 10 carros mais bonitos do mundo. O carro parou de ser fabricado, após milhares de unidades criadas e sendo um dos modelos mais bem-sucedidos da marca. Em 2014, ele foi substituído pelo atual Huracán, que também vem quebrando recordes e sendo uma grande aposta da Lamborghini no mercado esportivo.

Uma curiosidade interessante sobre o veículo é que ele ficou tão popular que foi incorporado a diversos jogos eletrônicos de corrida, como Need for Speed. Séries de games com a temática de corrida e carros como Forza, Grid e Gran Turismo também utilizam esse e outros veículos da marca para que os jogadores possam ter um gosto, pelo menos atrás da tela, da potência e velocidade dessa obra-prima da engenharia moderna.

Entenda a história do Gallardo

O nome remete ao passado, se referindo ao touro que inspirou Ferruccio e a linha do Miura. Se o Murciélago foi um renascimento da Lamborghini, a chegada do Gallardo representou passos mais ousados. Menor em tamanho e equipado com um motor V10, o modelo tinha por objetivo ser mais acessível e funcional.

A empresa entendia que era preciso contar com um supercarro capaz de realmente ser utilizado no cotidiano. Esse é um dos fatores que contribui para explicar o imenso sucesso comercial do Lamborghini Gallardo.

Fonte Reprodução do site Top Speed Lamborghini Gallardo

Foi uma grande jogada e um marco para a empresa que, neste século, parece ter encontrado a tão desejada estabilidade. Para a sorte dos que são apaixonados pelos modelos da marca italiana, símbolo dos supercarros como nós.

O Lamborghini Gallardo deixou de ser produzido em 25 de novembro de 2013, entrando para a história da indústria automotiva. Seu substituto, o Huracán, apresentado no Salão de Genebra de 2014, foi muito elogiado por público e crítica.

Fonte Reprodução do site Pinterest Gallardo x Huracan

O veículo, no geral, foi muito bem-recebido pelo público. Mesmo aqueles que não tinham condições de ter um exemplar em sua garagem se tornaram grandes fãs da marca, muitos que até hoje continuam acompanhando os novos lançamentos da marca, bem como outras informações sobre ela.

Gallardo LP 560-4

Em 2008, a Lamborghini apresentou no Salão de Genebra uma versão atualizada do carro, chamada de Gallardo LP560-4. Uma das mudanças foi o seu motor 5.2 V10, que foi reformado para alcançar uma potência de 560 cavalos de força. Ele teve relativamente boas vendas, já que cerca de 7.100 unidades.

Ele conta com uma aceleração de 0 km a 100 km de 3,4 segundos, além de uma velocidade máxima de 355 km/h. A sua suspensão foi criada com um cuidado de manter a estabilidade do veículo mesmo em altas velocidades, garantindo mais segurança e potência para os seus motoristas.

A distribuição do seu peso também foi bem-arquitetada, sendo 43% para a parte dianteira e 57% para a parte traseira. O padrão são os Freios Brembo, mas é possível que o dono do veículo possa escolher um modelo com discos de carbono cerâmica. Diversas outras tecnologias foram adicionadas justamente pensando na segurança e estabilidade do veículo.

Sua aparência lembra muito o modelo anterior, mas conta com algumas mudanças, como as tomadas de ar sendo mais amplas, além dos faróis estarem mais curtos que os do carro antigo. Dessa maneira, ele conta com um design mais bonito e funcional, principalmente pelas lanternas não estarem mais invadindo a parte superior traseira do veículo.

A motorização, aerodinâmica e acessórios do Lamborghini Gallardo

Como você já sabe, o Lamborghini Gallardo foi desenvolvido com o auxílio da Audi em um momento posterior a grandes dificuldades por parte daquela montadora. A companhia da Alemanha, portanto, ficou responsável pelo desenvolvimento do motor, bem como o sistema de tração nas quatro rodas que, inicialmente era oferecido como opcional de passou a compor os veículos a partir de um determinado período — explicaremos melhor em outro tópico.

Originalmente, o motor contém 10 cilindros em V (V10) com fabricação em alumínio entregando cinco litros de diâmetro, totalizando aproximadamente 520 cavalos de potência. Depois do primeiro facelift esse deslocamento passou para 5,2 litros e foi inserido um sistema de injeção direta, potencializando a taxa de compressão de 11,5:1 para incríveis 12,5:1. Consequentemente, ele também ficou mais potente oferecendo 560 cavalos.

Quase na mesma época a Lamborghini passou a promover um campeonato de corrida com o Gallardo. A competição utilizava as mesmas regras da FIA GT3 e proporcionava aos pilotos amadores da marca a possibilidade de assistirem competições utilizando esse mesmo veículo com as devidas preparações.

Nesses casos, os motores recebiam comandos de válvulas variáveis, fazendo com que a potência alcançasse os 570 cavalos. Além disso, o carro também ganhava alguns outros componentes feitos de fibra de carbono para aumentar a resistência e diminuir o peso.

Como resultado disso, o potente motor de 570 cavalos com comando duplo de válvula empurrava somente 1.300kg (290 kg mais leve que o modelo de rua). Com tanta potência para o peso de um carro sedã convencional é possível imaginar o que esses veículos eram capazes de fazer nessas provas.

O Design do Lamborghini Gallardo

Com certeza, o desempenho desse supercarro é algo que chama muito a atenção dos amantes de veículos. Entretanto, também precisamos destacar outro ponto impossível de passar despercebido: o design.

O desenho do carro lembra muito outros modelos da Lamborghini, inclusive os mais novos. Suas linhas são muito bem-definidas e contínuas, dando uma impressão de que toda a lataria é uma peça única. Apesar de parecerem iguais, os modelos fabricados entre 2009 e 2010 tinham algumas diferenças sutis nos para-choques dianteiros e traseiros, bem como nas lanternas traseiras.

 

Fonte estoque Paíto Motors

A partir do primeiro facelift foram incluídos faróis e lanternas de LED para acompanhar a crescente tendência da utilização desse tipo de iluminação, que é presente na maioria dos carros de luxo e está começando a chegar nos veículos mais simples.

Além disso, ao longo do tempo ele também sofreu algumas mudanças internas, como alteração no painel de instrumentos a partir de 2011 e reformatação do desenho de seus bancos. Por fim, o Lamborghini Gallardo é um veículo que atrai olhares por onde passa.

Fonte: estoque Paíto Motors

Nem mesmo as pessoas que não entendem de carros de luxo e não se interessam pelo assunto deixam de acompanhar com os olhos quando uma máquina incrível dessas passa a sua frente, mesmo que ela não conheça as demais especificações técnicas que o veículo tem e que discorremos neste artigo.

Os principais modelos do Lamborghini Gallardo

Neste tópico, discorreremos sobre os principais modelos e algumas curiosidades sobre cada um deles. A primeira e mais interessante é que, assim como quase todos os carros da montadora, o Gallardo iniciou sua produção como um coupê, por volta de 2003. Porém, apenas 3 anos depois a Lamborghini lançou a versão Spyder, incluindo a capota retrátil.

Fonte: Reprodução do site: Bring a Trailer 2007 Gallrdo Spyder

Essa primeira versão foi apenas o início de outras configurações que o supercarro agregou. Depois dessa, a montadora agregou mais duas edições especiais que também tinham a característica coupê. Um deles é o Gallardo SE Bicolor e o outro chamado de Gallardo Nera preto fosco.

Fonte: Reprodução do site: Bill Green Art Gallardo Nera Edition

Depois do sucesso da versão Spyder a Lamborghini resolveu aumentar para mais um modelo do veículo, o Gallardo Superleggera. Basicamente, foi uma versão de altíssimo desempenho com o seu motor gerando 523 cavalos de potência composto por fibra de carbono por toda a parte.

Em 2010 a Lamborghini lançou dois outros modelos de Gallardo que vale a pena mencionar, o L560-4 Spyder e o Balboni Special Edition, em homenagem ao ex-piloto de testes da montadora Valentino Balboni. Ambos os veículos foram construídos pensando em uma forma mais tradicional de direção, utilizando um câmbio manual de 6 velocidades e somente com tração traseira.

Fonte: Reprodução do site: Car and Driver 2010 Valentino Balboni

Uma curiosidade interessante sobre os modelos é que alguns pilotos de corrida converteram o carro para rodar com tração nas quatro rodas, vislumbrando esse mercado a Lamborghini lançou uma versão denominada de LP 550-2 Spyder no ano de 2011. Até então, essa possibilidade não existia nesse veículo e poderia ser vendido separadamente como um opcional, instalado pela própria Lamborghini ou em oficinas de terceiros.

Por fim, sempre de olho no mercado e na opinião de seus consumidores, o Lamborghini Gallardo também ganhou algumas versões especiais, como o modelo projetado para a Polícia Estadual Italiana, além do Superleggera Nero Nemesis que foi projetado para atender especificamente o mercado de Taiwan.

E você? Já teve a oportunidade de estar a bordo de um Lamborghini Gallardo? Caso a resposta seja sim, certamente foi uma experiência única e incrível que fica na memória de todos que tiveram algum tipo de contato com essa máquina.

Por mais que carros de luxo sejam resistentes, eles não são indestrutíveis, por isso um seguro especial é requerido. Em nosso blog, explicamos o que você deve levar em conta na hora de escolher esse serviço para o seu veículo de luxo!

Comentários

  1. Ah sim, tive o privilégio de dirigir um Galhardo 2012 de um amigo que pediu para que ficasse guardado aqui até ele passar para levar para o litoral para curtir as férias, pena que só desci a nave da plataforma e andei 3 quadras até a garagem para guarda-lo, só primeira e segunda marchas, mas o torque de baixa me surpreendeu. Vou esperar ele vir pegar o monstro para talvez eu acelerar em rodovia!!!

    1. blogpaito disse:

      Com certeza, o Gallardo é um modelo fantástico! Surpreende muito mesmo!

  2. Rodrigo disse:

    Minha lambo favorita, sonho de consumo. Não consigo gostar do Huracan. Já vi algumas vezes na rua, já passei em frente da concessionária da marca, localizado no Jardim Europa em São Paulo-SP mas sei lá… parece uma versão mais baixinho e enchido do Aventador (esse sim, é lindo)

  3. Renato dos Santos disse:

    Fantástico,sonho de consumo,a primeira que vi foi em uma revista Diablo me apaixonei desde então sou fã da Lambo

  4. Gallardo e Countach, até hoje a lambourghuini não acertou tanto em design como neste dois modelos.
    Huracan só é bonito de lado seu antecessor é mais imponente e estiloso. Aventador é legal mas não foi tão divisor de águas quanto ao Countach : 300 Km /h em 1974 ! e com design que até hoje é bonito.
    Carros da Lambourguini são maravilhosos , mas esta faltando eles superarem eles mesmo.
    Deveriam fabricar o countach novamente com poucas mudanças no design. Imagine um Coutach com a tecnologia embarcada de um Aventador SVJ. Se lançar eu compro !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BUSCAR CATEGORIAS

Conheça o Audi Q4: o primeiro SUV 100% elétrico da montadora alemã

VER MAIS

Conheça o Audi Q4: o primeiro SUV 100% elétrico da montadora alemã

[agosto/2021] Os 10 carros importados mais vendidos 2021

VER MAIS

[agosto/2021] Os 10 carros importados mais vendidos 2021

Novo MINI: conheça as versões One, Cooper e Cooper S

VER MAIS

Novo MINI: conheça as versões One, Cooper e Cooper S

Conheça os melhores SUVs de luxo mais vendidos do Brasil

VER MAIS

Conheça os melhores SUVs de luxo mais vendidos do Brasil