AutomobilismoCorridas e competiçõesDesignHistóriamaseratiMasserattiPininfarinaSem categoria

Maserati – Uma potência italiana (Parte 2)

A Itália é o lar de algumas das principais marcas de super carros do mundo. Entre elas, a Maserati.

No artigo anterior do blog da Paíto, começamos a contar a história dessa que nasce de uma paixão familiar.

Rodolfo Maserati era um operário ferroviário italiano com grande entusiasmo pelas invenções e máquinas que surgiam no final do século XIX, além da velocidade.

Transmitindo esse interesse aos seus sete filhos, não tardou para que seu primogênito entrasse na indústria automotiva.

Fonte: Reprodução do Site Trilhos do Design: Evolução das locomotivas no século XIX

Carlo atuou como piloto, mecânico e engenheiro e ainda abriu espaço para seus irmãos Alfieri e Ettore.

Muito habilidoso e promissor, infelizmente faleceu jovem, aos 29 anos, devido a uma grave doença pulmonar.

Alfieri assume a missão de liderar a família e decide, em 1914, abriu a Società Anonima Officine Alfieri Maserati, junto com seu irmão Ettore

Fonte: Reprodução do Site: Maserati USA Brand the company

Maserati: superação e o início nas pistas

Mesmo com o baque da morte de Carlo, o futuro parecia vir a ser promissor para a família.

Com já vasta experiência e conhecimento no setor, a oficina de Alfieri prometia ser um sucesso.

Seis meses após a abertura, porém, estoura a Primeira Guerra Mundial e Alfieri e Ettore são convocados pelo exército.

Os irmãos poderiam ter tido o mesmo trágico fim de muitos jovens que estiveram no conflito. Suas habilidades, porém, garantiram um lugar longe do campo de batalha.

Os Maserati haviam concebido um novo modelo de velas de ignição para motores de avião.

Tudo isso acontece em Bolonha, onde se estabeleceriam e seria vital para a identidade da futura marca.

Fonte: Reprodução do site Pinterest World War 1

Quando a guerra termina, Alfieri e Ettore recrutam seu irmão Ernesto para realizar o sonho de construir seu próprio carro e equipe de corrida.

Em busca de uma identidade para essa nova marca, solicitam a outro irmão, Mario, que pouco sabia de motores, mas, era um artista, para desenvolver um logo.

Mario opta por utilizar aquele que é um dos símbolos mais icônicos da cidade de Bolonha, o Tridente da estatua de netuno localizada na Piazza Maggiore.

Fonte: Reprodução do site Touring Club: Salotti D Italia
Fonte: Reprodução do site: Foursquare Photos At Fontana del Netuno Piazza Maggiore

A ligação com a cidade fica ainda mais evidente a partir da adoção das cores vermelha e azul, presente na bandeira de Bolonha.

Fonte: Reprodução do site Car Brands: Maserati Logo Histpry

Incialmente a equipe dos irmãos, que tinha Alfieri no cockpit, não consegue grandes resultados nas pistas.

As primeiras provas foram disputadas com um modelo SCAT que posteriormente foi substituído por um Nesseldorf de quatro cilindros.

Longe de desanimar, os resultados aquém do esperado se transformaram em combustível para a criação do primeiro Maserati..

Em 1922 Alfieri conquista uma importante vitória na corrida de Susa-Moncenisio, a bordo de um Diadatto com motor totalmente reformulado.

Fonte: Reprodução do site Supergara: Attivitya Sportive Automobilistiche

O resultado se repetiria na prova de Aosta-Gran San Bernado.

Nos primeiros anos, porém, o automobilismo era um esporte perigoso.

Fonte: Reprodução do site Maserati History of innovation

Em 1927, Alfieri sofre um grave acidente que compromete seriamente seu rim, obrigando a realização de uma cirurgia de emergência cinco anos depois.

Infelizmente, Alfieri não resistiu e faleceu aos 44 anos, deixando seus irmãos, Bolonha e o mundo do automobilismo atônito.

Mais uma tragédia familiar que poderia por fim a marca. No entanto, Ettore, Ernesto e Bindo, mantiveram a empresa familiar em seu lugar de destaque.

Fonte: Reprodução do site Menudeimotori: Maserati Ernesto Bindo e Ettore

Os 3 irmãos Maserati tomariam decisões importantes para o futuro  da marca.

No próximo artigo te contamos quais decisões foram essas e como a empresa italiana se tornou um dos grandes nomes da primeira era do automobilismo.

E para ficar por dentro de tudo o que rola na loja da Paíto Motors,  curta nossas páginas nas redes sociais.

Até a próxima!

One thought on “Maserati – Uma potência italiana (Parte 2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *