Carro customizadoDesignGallardoHistóriaLamborghiniSem categoria

Lamborghini Gallardo – Uma história de sucesso

Diz à história que Ferruccio Lamborghini passou a se dedicar aos supercarros após uma ríspida discussão com Enzo Ferrari.

Da vontade de superar os carros vermelhos surgiu aquela que é uma das principais marcas de superesportivos do mundo.

Fonte: Reprodução do site Jornal dos Classicos: Ferruccio Lamborghini

De 1963 para  foram diversos os modelos de encher os olhos lançados pela Lamborghini. sempre com enorme potência.

Nenhum deles, porém, fez tanto sucesso como o Gallardo, modelo responsável por quase metade de todas as vendas da marca em sua história.

Lamborghini Gallardo: nascida para brilhar

Não é exagero dizer que o Gallardo, lançada em 2003 e produzido até 2013, é um divisor de águas na história da empresa italiana.

Quando o modelo deixou de ser fabricado a Lamborghini possuía 50 anos de atividade e 30.000 carros produzidos.

Desses, 14.022 foram do modelo Gallardo.

Fonte: Reprodução do site Top Speed: Lamborghini Gallardo 2006

E mais: até 2003 os italianos vendiam, em média, 250 veículos por ano.  Após o lançamento do modelo esse número saltou para 2.000 unidades vendidas anualmente.

No segmento de carros de luxo nem sempre números altos são vistos com bons olhos. A não ser quando falamos de potência e desempenho.

A exclusividade importa. E muito.

Fonte: Reprodução do site Top Speed: Lamborghini Gallardo

A Lamborghini sabia disso e apostou em uma estratégia que trouxe grandes resultados: o lançamento de edições limitadas.

Ao longo dos anos de produção foram cerca de 20 edições especiais ou limitadas do modelo.

Somado a isso, a marca promoveu uma série de atualizações e facelifts.

Não é exagero afirmar que seria possível comprar um Gallardo diferente a cada ano em que ele foi produzido.

Vale reforçar que o modelo foi o segundo desenvolvido sob o controle da Audi, que adquiriu a empresa em 1998.

Fonte: Reprodução do site Truth About Cars: 2009 Lamborghini Gallardo
Fonte: Reprodução do site Pinimg Originals: Inside Gallardo

Durante a década de 1990 os italianos sofreram com severas crises e perda de lucratividade.

Tanto assim, que os alemães se tornaram os terceiros donos da marca naquela década.

Quando a Audi assume e reestrutura a companhia, desenvolve e lança o Murciélago, o primeiro Lamborghini novo em mais de uma década.

O nome remete ao passado, se referindo ao touro que inspirou Ferruccio e a linha do Miura.

Fonte: Reprodução do site Auto Evolution: Lamborghini Murcielago 2001

Se o Murciélago foi um renascimento da Lamborghini, a chegada do Gallardo representou passos mais ousados.

Menor em tamanho e equipado com um motor V10, o modelo tinha por objetivo ser mais acessível e funcional.

A empresa entendia que era preciso contar com um supercarro capaz de realmente ser utilizado no cotidiano.

Esse é um dos fatores que contribui para explicar o imenso sucesso comercial do Gallardo.

Foi uma grande jogada e um marco para a empresa, que nesse século parece ter encontrado a tão desejada estabilidade.

Para a sorte dos que são apaixonados pelos modelos da marca italiana, símbolo dos supercarros. Como nós.

O Lamborghini Gallardo deixou de ser produzido em 25 de novembro de 2013, entrando para a história da indústria automotiva.

Seu substituto, o Huracán, apresentado no Salão de Genebra de 2014, foi muito elogiado por público e crítica.

Fonte: Reprodução do site Pinterest Gallardo Vs. Huracan

Ainda em produção, teremos de esperar até que seja descontinuado para saber se irá alcançar o mesmo sucesso comercial de seu predecessor.

E você? Já teve a oportunidade de estar a bordo de um Lamborghini Gallardo? Conta sua história para a gente nos comentários.

Para ficar por dentro de todas as novidades de nossa loja, curta nossas páginas nas redes sociais.

Até a próxima!

2 thoughts on “Lamborghini Gallardo – Uma história de sucesso

  1. Ah sim, tive o privilégio de dirigir um Galhardo 2012 de um amigo que pediu para que ficasse guardado aqui até ele passar para levar para o litoral para curtir as férias, pena que só desci a nave da plataforma e andei 3 quadras até a garagem para guarda-lo, só primeira e segunda marchas, mas o torque de baixa me surpreendeu. Vou esperar ele vir pegar o monstro para talvez eu acelerar em rodovia!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *