McLaren Automotive chega ao Brasil!

Os apaixonados pelos superesportivos foram contemplados com a notícia da chegada da McLaren Automotive no Brasil.

A notícia vem confirmar o que se mostrava apenas como tendência: a retomada desse segmento milionário. Até agora estão confirmados os modelos da linha Sport Series, como o 570 G e o 570 S Spider, equipados com motor V8 e 570 cv de potência.


McLaren 570S Spider. Reproção do Site Oficial.

E para celebrar a chegada dessas máquinas no Brasil, a Paíto Motors conta um pouco da história da icônica companhia.

McLaren Automotive: das pistas de corridas para as ruas

Quando os brasileiros ouvem o nome McLaren é inevitável não o associarmos a Fórmula 1. Afinal, quantos domingos não vibramos vendo o carro da equipe cruzar a linha de chegada em primeiro lugar acompanhada da música da vitória?

Ayrton Senna – Mclaren MP4-8 – Grand Prêmio da Inglaterra 1993. Foto: Reprodução Wikipedia.

Foi na McLaren que um dos maiores heróis nacionais, Ayrton Senna, conquistou seus 3 títulos de Fórmula 1 e protagonizou corridas épicas. Mesmo antes de Ayrton, a companhia britânica já era uma das gigantes do automobilismo mundial, com uma história vitoriosa desde a estreia, em 1966.

Foto: Reprodução do Site Oficial Mclaren.

Buscando diversificar suas atividades e fortalecer seu potencial de inovação, em 1985 é lançada a McLaren Cars. A ideia de Bruce McLaren era se valer da tecnologia da Fórmula 1 para produzir modelos para as ruas.

O grande fruto dessa empreitada foi o McLaren F1 lançado em 1992, um cupê de 2 portas que teve 106 unidades vendidas. A época era um dos carros mais velozes do mundo, alcançando a incrível marca de 386 Km/h. Seu alto custo de produção, contudo, inviabilizou a produção em grande escala, estando hoje restrito a poucos proprietários. A partir de 1994 a McLaren Cars foi registrada, para fins contábeis, como uma empresa inativa.

Road Car McLaren F1 1993-1998. Foto: Reprodução do Site Oficial McLaren.

Essa realidade mudou a partir de 2010, quando é lançada a McLaren Automotive, como uma
companhia separada do grupo. A ideia era possibilitar que a nova empresa tivesse independência de investimentos para se desenvolver e consolidar. Sendo assim, embora levasse o nome McLaren, sua estratégia era única e rendeu-lhe bons frutos.

Aproveitando todo o conhecimento oriundo dos anos de automobilismo, a McLaren Automotive produziu superesportivos de destaque. Entre eles os modelos que começar a chegar ao Brasil: o 570 G e 570 S Spider, da Sport Series. Embora chamem a atenção, estes podem ser considerados os modelos de entrada da marca.

 

Para aqueles que buscam ainda mais velocidade há ainda os modelos da Super e Ultimate Series, além da Legacy. Para ilustrar a força da companhia, vale lembrar que o P1, modelo da Ultimate, alcança os 401 km/h e faz de 0 a 100 Km/h em apenas 2.8 segundos. É, sem dúvidas, um dos superesportivos mais rápidos do mundo!

McLaren Sports Series 570S Spider. Foto: Reprodução do Site Oficial.

A potência, conforto ao volante, tecnologia de ponta abarcada e o capricho no design são marcas dos modelos. Mesmo com a volta da marca ao setor de tecnologia da McLaren, anunciada esse ano, a experiência tem tudo para se expandir e continuar conquistando cada vez mais espaço.

Como é de praxe no mercado de luxo, aqueles que compram o modelo de fábrica possuem amplas possibilidades de customização.

No Brasil ainda é preciso ser divulgada maiores informações sobre como se darão as vendas e as possibilidades. É conhecido, porém, que os modelos devem ter valor variável entre R$ 1,8 e R$ 3 milhões.

Seja como for, essa é uma excelente notícia que vem movimentar, aquecer e acrescentar ao segmento dos superesportivos.

Que em breve possamos ver mais dessas máquinas cortando as nossas vias e rodovias!

Gostou desse artigo? Acompanhe as redes sociais da Paíto Motors e tenha acesso a todas as novidades de nossa loja e nosso blog. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *